”Dra, minhas bochechas estão sempre rosadas!!

”Dra, minhas bochechas estão sempre rosadas!!

Parece que passo blush todos os dias !

O que você tem, pode ser ROSÁCEA.

Já ouviu falar sobre isso??

Rosácea é uma doença que afeta pessoas na idade adulta. Principalmente mulheres, mas também pode acometer homens -que são os que mais sofrem com as complicações estéticas.

Ainda não se sabe a causa exata. Há uma tendência genética familiar importante e, se você teve quadro de acne severa, também tem mais risco de desenvolver rosácea.

A pele fica muuuito sensível e piora quando em contato com sol, após ingestão de comidas condimentadas – como chocolates, pimentas, ingestão de álcool, bebidas quentes, cafeína.

O diagnóstico é pelo exame do dermatologista. Não são necessários exames complementares. Pode até ser difícil diferenciar de quadros de acne simples.

Existem alguns graus de rosácea. Em um primeiro momento, a pele das maçãs do rosto começam a ter episódios de vermelhidão, que se normalizam em minutos a horas. Depois, esse vermelhidão começa a se manter diariamente. Os vasinhos do rosto podem ser visualizados a olho nu ( ao esticarmos a pele).

Depois, podem surgir lesões muito parecidas com acne, principalmente no centro da face. Alguns pontos avermelhados, outros com pus. Nódulos podem ser palpáveis. O acometimento pode ser restrito ou no rosto todo.

Em uma fase posterior, a pele do rosto todo pode ficar espessa. Nos homens, isso acontece principalmente no nariz (rinofima). Há fibrose e aumento das glândulas sebáceas nesses locais.

O tratamento é super importante para tentar brecar a evolução da doença.

E o que fazer para tratar??

O tratamento não contempla a “cura”… uma vez que esse é um problema crônico. Conseguimos alcançar o CONTROLE, de forma que o paciente conviva bem com a Rosácea.

O tratamento com produtos tópicos são sempre necessários.

** Sabonetes suaves, que não ressequem ou agridam a pele.

** Os filtros solares devem ter alto fator de proteção solar -FPS 30 ou mais, serem de amplo espectro ( proteger contra a radiação ultravioleta A – UVA) e, de preferencia , ter alguma cor. Alguns cremes podem ter cor bege ou até esverdeado, para tentar camuflar a vermelhidão. Dar preferencia a filtros físicos – que contém óxido de zinco e dióxido de titânio, que irritam menos.

** Os hidratantes devem ter propriedades calmantes

** Os medicamentos podem conter substâncias como metronidazol e antibióticos

Nos casos mais avançados, é interessante associar com medicamentos de tomar:

** Antibióticos via oral: são ótimos para quem tem surtos que se assemelham à acne. Limeciclina: 1x ao dia, geralmente por 3-6 meses

**Isotretinoína : 1x ao dia, geralmente por 6-12 meses

Ademais, podemos contar com as tecnologias:

** Luz Intensa Pulsada e laser: aparelhos cuja luz proporciona o fechamento dos micro vasinhos que se formam no rosto. É um dos tratamentos mais eficazes para combater a vermelhidão. Podem ser realizadas 3-5 sessões, com intervalo de 1 mês

** LED : luz que acalma a vermelhidão da pele

** Peelings, laser e cirurgias: para reduzir o espessamento da pele

 

É bacana tentar descobrir o que, PARA VOCÊ , pode ser um fator de desencadeamento do problema: sol, chocolates, pimentas, ingestão de álcool, bebidas quentes, cafeína, sauna, vento muito frio … enfim. Exige um certo trabalho de detetive ! Mas vai tornar o seu problema um pouco mais previsível.

Há também alguns truques para uma melhora “efeito cinderela”, que dura poucas horas. ( Para aquele dia em que você vai em uma super festa.. sabe??)

Pode-se aplicar alguns colírios específicos, que fecham os vasinhos. Ou também algumas máscaras calmantes.

Por fim, importante fazer uma avaliação com o colega oftalmologista, devido a possíveis sintomas oculares da própria rosácea: olhos secos, vermelhos, com coceira/ lacrimejamento.

 

Muito trabalho pela frente. Vamos começar ?!?

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *