Meu filho rói as unhas até hoje ...

Meu filho rói as unhas até hoje ...

Muito comum a queixa de que ofilho rói as unhas.

O hábito compulsivo de ROER OU COMER AS UNHAS E A PELE AO REDOR DAS UNHAS é visto em crianças, adolescentes e adultos. Alguns somente CHUPAM os dedos, outros vão mordendo ATÉ SANGRAR.

É observado a partir dos 3-6 anos, permanece estável entre 7-10 anos e aumenta, consideravelmente na adolescência.

Ainda hoje é considerado um reflexo de desajuste emocional. O movimento repetitivo e irracional DIMINUI A ANSIEDADE. Também alivia situações de estresse, cansaço e tédio.

Além do aspecto inestético, os machucados consequentes a esse mau hábito podem se tornar uma porta de entrada outros problemas. Como as infecções por vírus ( que vão gerar as VERRUGAS E INFECÇÕES BACTERIANAS COM PUS) assim como aumentar a frequência de VERMINOSES INTESTINAIS ( crianças que coçam o bumbum e, depois, colocam o dedo na boca).

O que fazer ??

*Em casa, é importante MANTER SEMPRE AS UNHAS CURTAS.

*Existem alguns ESMALTES COM SUBSTÂNCIAS DESAGRADÁVEIS AO PALADAR, como gengibre, carbonato de cálcio, bitrex … Podem ser aplicados a cada dois dias, por 1-2 meses. Com o tempo, a criança associa o hábito a um sabor ruim e desiste

*Também pode-se recorrer a chicletes sem açúcar

*Uso de ESMALTES COLORIDOS ( nas meninas)

Esse hábito tende a regredir com o tempo mas, se estiver associado a causas psicológicas, pode ser importante o acompanhamento por ESPECIALISTA psicólogo ou psiquiatra, para averiguar o motivo da ansiedade e desenvolver métodos de amenizar a situação – como homeopatia, fitoterápicos e terapia…

Ah, paciência… muita paciência !!!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *