Ecocosméticos

Ecocosméticos

Começa uma nova era na dermatologia!!

As pessoas, cada vez mais conscientes, procuram por um estilo de vida mais saudável para si e para o meio ambiente.

Com conhecimento e as orientações do seu dermatologista, você poderá escolher melhoros produtos de que necessita, evitando muitas das substâncias tóxicas e nocivas que existem em diversos produtos de higiene, beleza e limpeza.

Vamos entender um pouco mais ???

 

 

COSMÉTICOS NATURAIS:

– Contém, no mínimo, 95% de ingredientes naturais (origem animal, vegetal ou mineral;

– Destes, mínimo de 5% de ingredientes orgânicos;

– Os 5% de matérias primas restantes podem ser sintéticas, desde que contidos na lista de substâncias permitidas pelos certificadores.

        

 

COSMÉTICOS ORGÂNICOS

– Contém, no mínimo, 95% de ingredientes naturaisque devem ser de agricultura orgânicaou extrativismo controlado certificados;

– Os outros 5% podem ser compostos por água e outras matérias-primas sintéticas, desde que contidos na lista de substâncias permitidas pelos certificadores;

 

– O que significa produção sem adubos sintéticos, agrotóxicos, ou produtos transgênicos;

– O IBD também tem preocupação e regulamentação em relação das embalagens e proíbe os testes em animais.

 

BENEFÍCIOS DOS NATURAIS E ORGÂNICOS:

Os benefícios de se utilizar produtos mais naturais e/ou orgânicos acontecem devido à menor chance de expor o organismo a produtos potencialmente tóxicos.

 

Dependendo dos constituintes dos cosméticos, pode haver uma toxicidade no organismo aguda ou crônica (efeito bioacumulativo)

 

Dentre os efeitos nocivos sistêmicos agudos,temos:

– Dor de cabeça, tontura, sintomas respiratórios (tosse, desencadeamento de asma/ bronquite, espirros), sintomas oculares

(coceira e lacrimejamento;)

– Toxicidade aguda via oral (no caso de ingestão acidental);

– Desrregulação hormonal (potencial estrogênico), câncer;

 

Quando o efeito adverso é apenas na pele, observamos:

– Coçeira, urticária, ardor, ressecamento, aparecimento de espinhas;

– Dermatite de contato , dermatite alérgica, fototoxicidade;

– Piora de doenças previamente existentes, como rosácea, psoríase, dermatite atópica.

 

COSMÉTICOS CRUELTY FREE:

O nome “cruelty-free”vem do inglês “livre de crueldade”.Os cosméticos “cruelty-free”  são aqueles que:

– Tanto o produto final quanto a cadeia de produção são isentos de maus tratos ou testes em animais;

– Não implica que a matéria prima seja natural, orgânica ou vegana;

 

– Grupos reguladores: A Cruelty Free International, a americana PETA e a nacional PEA.

 

BENEFÍCIOS DOS PRODUTOS CRUELTY-FREE:

preservar a vida e bem-estar dos animais.

 

COSMÉTICOS VEGANOS:

Os cosméticos veganos são aqueles que:

– As empresas não podem realizar nenhum tipo de testes em animais;

Não utilizam matérias-primas de origem animal ou derivadode animal;

– O que não significa que ele seja natural ou orgânico. Ele pode ser inteiramente sintético e, ainda assim, continuar sendo vegano.

 

 

SUBSTÂNCIAS QUE NÃO PODEM NOS PRODUTOS VEGANOS:

– Colágeno, glicerina e ácido hialurônico -extraídos de animais;

– A lanolina, estradiol, mel, cera de abelha, leite e derivados, proteínas da seda;

– Corante carmin, queratina e aminoácidos, quitosana;

– Cerdas naturais … entre muitos outros

 

BENEFÍCIOS DOS PRODUTOS VEGANOS:

A não utilização de produtos que tenham produtos ou derivados de animais, dando continuidade a um estilo de vida vegano.

Caso os produtos sejam feitos com ingredientes naturais e/ou orgânicos, teremos também os benefícios na saúde humana.

 

3) QUAIS OS CONTRA

– Prazo de validade pode ser menor;

– Requer mais tempo para ler os rótulos e pesquisar sobre os componentes daquele produto;

– Custo financeiro pode ser mais alto.

 

4) COMO CONFIAR QUE AQUELE PRODUTO É NATURAL, ORGÂNICO OU VEGANO?

É preciso observar os rótulos ( frente e verso !!) e os selosnas embalagens.

 

5) Quais tipos de produtos se encontra

– Cosméticos/ Produtos de limpeza / produtos de higiene

 

6) Realmente funcionam?

Os produtos com componentes mais naturais funcionam, sim.

Importante é usar produtos adequados ao seu tipo de pele ou problema.

Uma pele não saudável (com acne, manchas profundas, rosácea…),   provavelmente apresentará  necessidade de tratamento medicamentoso. Mas nada impede de que se tente, inicialmente, o uso desses produtos mais naturais. Se o resultado não for o esperado, o médico entra com tratamento regular com cosméticos convencionais e/ou medicamentos.

 

7) Como escolher ?

O ideal é que seus produtos de cuidados com a pele sejam prescritos por um dermatologista.

 

Caso não seja possível:

– Preste atenção nos selos de certificações;

 

– Olhe o rótulo atentamente e pesquise antes de comprar;

 

– Se familiarize com os ingredientes que devem ser evitados, como os principais convervantes, corantes e fragrâncias sintéticas;

 

8) Quais as principais  substâncias que são consideradas como naturais e benéficas?

Ácido hialurônico, aloe vera , glicerina, aveia, óleos vegetais, manteigas, ceras naturais, mel, óleos essenciais, essências naturais, retinóides.

 

9) Impacto prático na nossa vida cotidiana

Redução das compras por impulso, já que teríamos que pesquisar e analisarmelhor os constituintes de cada produto antes de comprá-los.

 

Os pontos de vista sobre essa nova onda podem ser diferentes. Muitas pessoas vêem esses novos cosméticos como parte de uma filosofia de vida. Outras, vêem como um modo mais saudável e seguro de lidar com o corpo e com meio ambiente. Outras, como uma forma de prevenir/curar alergias e intolerânciasjá existentes. O importante,  é se sentir confortável com as suas escolhas e respeitar as escolhas alheias.

 

“CLEAN BEAUTY”

É um termo novo, que diz respeito à conduta de escolha de produtos com menos ingredientes, sendo estes mais seguros e menos tóxicos à nossa saúde e ao meio ambiente. Sempre guiado pelo bom senso, sem extremismos.

 

Que tal começar ???… 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *